Cinco filmes que toda mulher deveria assistir; confira a lista

O final de semana chegou e por causa da pandemia do novo coronavírus, vamos ficar em casa para nos proteger e proteger os outros. Pensando em te ajudar neste momento, o Eufemea fez uma lista de cinco filmes que toda mulher deveria assistir. 

Ma Ma

No filme Ma Ma, Penélope Cruz é uma professora talentosa e uma mãe carinhosa. Ela descobre um câncer de mama e conta com o apoio do novo companheiro e do filho, além de acreditar no poder da cura da menina que ela espera. 

Livre

Depois de um divórcio (e muitas drogas), Cheryl (Reese Witherspoon) decide que para conseguir superar as dores do passado, ela precisa caminhar a Pacific Crest Trail, uma trilha que segue pela costa oeste americana, desde a fronteira com o México até os limites com o Canadá. Com uma mochila nas costas e zero experiência em trilhas, Cheryl encontra novas emoções, pessoas e muito tempo para repensar suas escolhas.

As sufragistas

No início do século XX, após décadas de manifestações pacíficas, as mulheres ainda não possuem o direito de voto no Reino Unido. Um grupo militante decide coordenar atos de insubordinação, quebrando vidraças e explodindo caixas de correio, para chamar a atenção dos políticos locais à causa. Maud Watts (Carey Mulligan), sem formação política, descobre o movimento e passa a cooperar com as novas feministas. Ela enfrenta grande pressão da polícia e dos familiares para voltar ao lar e se sujeitar à opressão masculina, mas decide que o combate pela igualdade de direitos merece alguns sacrifícios.

Frances HA

Frances (Greta Gerwig) divide um apartamento em Nova York com Sophie (Mickey Sumner), sua melhor amiga. Brincalhona e com ar de quem não deseja crescer, ela recusa o convite do namorado para que more com ele justamente para não deixar Sophie sozinha. Entretanto, a amiga não toma a mesma atitude quando surge a oportunidade de se mudar para um apartamento melhor localizado, mesmo que isto signifique que ela e Frances passem a morar em locais diferentes. A partir de então tem início a peregrinação de Frances em busca de um novo lugar que se adeque às suas finanças, já que ela é apenas aluna em uma companhia de dança à espera de uma chance de integrar o grupo de bailarinos que encenará o espetáculo de Natal. Mesmo diante das dificuldades, Frances tenta manter o alto astral diante os problemas que a vida adulta traz.

Joy: o nome do sucesso

Baseado em uma historia real, o filme conta a historia de mulher que é criativa desde a infância, Joy se torna fundadora e matriarca de um bilionário império, transformando sua vida e a de sua família.