Ela descobriu a gravidez durante a pandemia: “estou tentando me conectar com o bebê”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

De repente uma vida dentro dela. Não era o que a enfermeira Camila Moureira, de 30 anos, esperava durante uma pandemia. A enfermeira estava trabalhando na linha de frente em uma unidade de saúde em Maceió quando descobriu que estava grávida. “Antes de fazer o teste eu já imaginava que algo estava acontecendo porque já me sentia diferente”, disse ao Eufemea.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A certeza veio quando Camila fez o teste. O medo tomou conta dela assim que viu que estava grávida. “Não queria acreditar, pois não tinha planejado a gestação. Não sabia o que a família iria pensar, nem o pai do bebê”, contou. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A enfermeira também pensou no trabalho. Como trabalhava em um serviço de urgência e emergência, ela sabia que precisaria se afastar do trabalho que tanto amava já que era considerada grupo de risco. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Conforme os dias foram passando, a ideia da gestação foi se organizando na cabeça de Camila. Desde a notícia da gravidez, a enfermeira disse que precisou ressignificar a gestação. “Também estou olhando pelo lado espiritual que a gravidez envolve, tentando me conectar com o bebê e comigo mesma. O bebê veio na melhor fase da minha vida, depois de um processo de amadurecimento e mudanças. Com certeza ele vai trazer muita luz na minha vida e na vida das nossas famílias”.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Apesar do sentimento de ser mãe ser novo, Camila disse que comemorar este dia é algo novo para ela. “Ainda estou interiorizando o sentimento de ser mãe, pois estou com pouco mais de um mês ainda, mas já estou me cuidando, estudando e planejando as coisas do bebê”.