De dentro do quarto: durante isolamento, alagoana cria projeto com poemas em forma de vídeos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Quem diria que seria dentro do quarto e contaminada pela covid-19 que a alagoana Ruana Lins, 29 anos, ganharia mais força para criatividade? O momento era difícil, segundo ela, mas foi entre 4 paredes e em contato consigo que Ruana descobriu uma nova paixão. A jovem criou um canal no Youtube para disponibilizar vídeos gravados e editados por ela com poemas de sua autoria.

Ao Eufemea, Ruana contou como se deu esse processo. Ela é formada em Relações Públicas e em Fotografia, mas é através da escrita que Ruana consegue se expressar. O amor pela escrita veio desde criança. “Desde pequena que eu escrevo contos e poemas. Sempre gostei de escrever e contar história”, disse.

Foto: Cortesia ao Eufemea

Dessa paixão pela escrita surgiu o primeiro livro dela chamado ‘Atrasos’. Ele está disponível na Amazon para quem desejar comprar.

No começo de 2020, Ruana viajou para Bélgica para um intercâmbio de seis meses. A paixão por fazer vídeos nasceu lá. “Eu trabalha com vídeos e entrevistas na Bélgica”.

Quando Ruana retornou ao Brasil, ela foi pega de surpresa. Foi diagnosticada com a covid-19. “Eu voltei no final de março para começo de abril e lá estava no pico da doença. Então quando eu voltei, precisei ficar isolada dentro do meu quarto. Só tinha contato com a minha cachorra e via a vida pela janela”.

Ficar em isolamento fez com que Ruana pensasse bastante e entrasse em contato consigo. Não foram dias fáceis, de acordo com ela. Mas foi lá dentro que a alagoana começou a produzir vídeos com crônicas sobre os dias dela no quarto.

“E aí, quando eu saí do isolamento, eu comecei a produzir alguns dos meus poemas. Voltei a escrever para os vídeos”, ressaltou.

E não parou por aí. Ruana pensou em ir além e criou um canal no Youtube para divulgar os vídeos. “Acabei juntando tudo que eu amava – a direção da fotografia e o poema -. Quis passar um pouco dos meus sentimentos e um pouco do meu jeito de ver o mundo para as pessoas”.

Clique aqui para acessar os vídeos https://www.youtube.com/c/RuanaLins

A relações públicas acredita que mesmo tendo pouco espaço, ela foi capaz de enxergar naquele momento que poderia produzir vídeos legais sem sair do espaço dela. 

“O meu trabalho lá na Bélgica me pediu para fazer um vídeo porque eu tinha mandado uma crônica para eles. Foi ali que surgiu meu primeiro desafio”, enfatizou.

Desafio aceito, Ruana disse que foi um pontapé inicial para que ela tocasse o projeto. Além disso, a alagoana teve apoio de uma amiga que disse que ela precisava contar as histórias por meio de imagens.

Para quem quer conhecer o trabalho de Ruana, deve acessar o Instagram @rualinspoemas e ou no canal do YouTube Rua Lins Poemas.