É possível mudar após os 60 anos? Psicóloga responde

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Olá mulherada! Para falar sobre o tema de hoje, convidei a psicóloga Maria Carolina Guerra (CRP 15/6533) Terapeuta do Esquema pelo Instituto de Educação e Reabilitação Emocional (INSERE), Coordenadora do Insere Educação, com experiência em atendimentos de adultos e idosos.

É possível mudar após os 60?

Maria Carolina (@psi.carolgdonato) responde:

Uma pergunta muito comum quando chegamos aos 60, aos 50, aos 40… E pensamos: será que não é tarde demais para isso?

E se você me permite, eu te respondo com o velho clichê: nunca é tarde para mudar!

Iniciar um processo de psicoterapia é iniciar uma mudança em sua vida, é começar a cuidar do que estava ali por trás das cortinas, é um movimento que envolve coragem, vai doer, mas também vai curar.

Na minha experiência enquanto psicóloga eu nunca ouvi falar sobre uma idade certa para mudar o que não estamos satisfeitos em nossas vidas.

A minha experiência atendendo adultos e idosos me diz exatamente o contrário: não importa a idade, mas sim a coragem, a vontade de seguir em frente com saúde.

Minhas considerações

Obrigada, Carol por trazer um pouco da sua experiência, promovendo essa linda reflexão sobre tempo para mudança. Minhas leitoras, o tempo é o tempo que temos. Quanto antes tomarmos essa decisão, antes colheremos o fruto dela. Sempre há tempo para quem quer mudar.

Cuide-se! Priorize-se!

Fale conosco no:
@vinculos.psi – Natasha Taques
@psi.carolgdonato – Maria Carolina