Bancada feminina na ALE cresce e salta de cinco para seis deputadas estaduais; confira quem são

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Internet

Os eleitores de Alagoas definiram, neste domingo (2), os 27 deputados estaduais para representá-los na Assembleia Legislativa. Quando se fala no número de mulheres, em comparação a última eleição, houve um aumento de cinco para seis deputadas.

As deputadas Cibele Moura, Fátima Canuto e Flávia Cavalcante, todas do MDB, foram reeleitas. Quem ficou de fora foi a deputada Ângela Garrote que foi eleita em 2018, mas não conseguiu ser reeleita desta vez. 

A deputada Flávia Cavalcante foi a mais votada com 50.902 votos; em seguida veio a Cibele Moura com 46.120 votos e Fátima Canuto com 41.319 votos.

As novas deputadas que foram eleitas neste domingo são: Carla Dantas (MDB): 44.477 votos; Rose Davino (PP): 34.343 votos e Gabi Gonçalves (PP): 29.336 votos.

Quem são elas?

Carla Dantas. Foto: Assessoria

Carla Dantas: Advogada, ela é natural de Igreja Nova, mãe e divorciada, segundo consta no TSE. A mãe dela, Vera Dantas, foi a primeira mulher a ser prefeita de Igreja Nova.

Rose Davino: Natural de Rio de Janeiro – RJ, Rosemary Miranda Davino é empresária, mãe do atual deputado estadual Davi Filho e fundadora da Fun Brasil.

Foto: Assessoria

Gabi Gonçalves: Filha do ex-prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves, Gabriela Cristina Gonçalves da Silva Cordeiro, 22 anos, é natural de Rio Largo. Não consta no TSE a profissão dela. Ela foi ex-secretária municipal de Relações Institucionais de Rio Largo.

Foto: Assessoria