Referência no empreendedorismo, Endy Mesquita fala sobre inspirações para peças e maternidade

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Desde cedo Endy Mesquita sempre foi apaixonada por trabalhos manuais influenciada por sua mãe, que é costureira. O desejo em começar a trabalhar com acessórios começou quando Endy ainda era estudante e bailarina. Ela contou ao Eufemea que estava em espetáculo e viu uma menina usando o colar que ela achou lindo, mas devido ao valor não poderia comprar. Então, ela decidiu montar sua própria peça, a partir daí do desejo de ter uma peça surgiu a vontade de trabalhar com acessórios. 

 Hoje o Ateliê Endy Mesquita conta com três lojas físicas e uma loja virtual. 

 Inspiração e incentivo 

“Tudo me inspira, não tem uma coisa só, pessoas me inspiram, viagens me inspiram, um chão diferente, um azulejo. Tudo o que eu olho, eu tento ter um olhar apurado, de que o que dali eu posso levar para o meu trabalho. Então eu trabalho isso no meu olhar. Quantas mais coisas eu vivo, quantas mais pessoas eu conheço mais eu aumento o meu repertório.” 

O desejo de começar a trabalhar com acessórios surgiu quando Endy ainda era estudante e bailarina (Fotos: Divulgação)

Uma das coisas que mais incentiva a empresária é ver os seus clientes usando as suas peças e estarem com elas em momentos especiais. Ela conta: “Fotos de pessoas em momentos especiais de suas vidas, usando Ateliê Endy Mesquita, como já aconteceu, em casamentos, nascimento de filhos. Coisas que eu sei que vão marcar para a vida inteira. E elas estão com uma peça minha, então essa troca com o cliente é o que me faz continuar.”  

 Maternidade e trabalho 

Quando questionada a respeito de como consegue conciliar tantas tarefas, Endy além de empresária é mãe, esposa e dona de casa, ela diz: “É assobiando e chupando cana. Eu tento deixar ao máximo divertido. Eu faço tudo com tanto amor que eu não encaro como um trabalho, eu olho como lazer, diversão. Eu amo o que eu faço, acredito que essa seja a maneira de conciliar tudo.” 

 Além de empresária, ela é mãe, esposa e dona de casa: “Eu tento deixar ao máximo divertido”

 Sobre ser mãe, ela continua: “Eu tento encaixar o Otto na minha rotina, eu tento fazer com que ele não se torne um peso mas sim, um aliado. Hoje eu me sinto uma mulher completa, ele tem sido uma bênção para mim, me tornei uma mulher mais criativa e mais feliz depois da chegada dele.” 

 “Acredite no seu trabalho, se divirta, se dedique, faça com amor. Quando você tem que brilhar, até o que tenta atrapalhar, ajuda. Foque, vá atrás. A primeira pessoa que tem que acreditar em você é você mesma.” Conselho da Endy para as mulheres que desejam ter a sua própria marca.