De autoria de deputada estadual, projeto que “garante acesso a absorventes” em AL é aprovado, mas aguarda sanção do governador

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Um projeto de lei que busca baixar o imposto sobre absorventes e que permite que o Governo do Estado de Alagoas possa entregar o produto às mulheres e meninas carentes, incluindo como item da cesta básica foi aprovado, na quarta-feira (30), pela Assembleia Legislativa Estadual (ALE). 

De autoria da deputada estadual Cibele Moura (PSDB), a matéria agora segue para a sanção do governador Renan Filho.

“Dados mostram que uma a cada quatro meninas deixam de ir para a escola no período menstrual. Isso é um número muito sério que a gente precisa ajudar a combater para que essa menina possa menstruar, mas possa ser livre”, disse Cibele. 

De acordo ainda com a deputada, “22% das meninas entre 12 a 14 anos não têm acesso a absorventes no Brasil e mais de 33% do  que é pago em absorvente corresponde a impostos no nosso país. Um produto utilizado por todas as mulheres, todos os meses, que é essencial”, lembrou Cibele. 

Ela ressalta que infelizmente existem mulheres que utilizam até miolo de pão como absorvente. “Isso tem que acabar. A gente institui a política pública de liberdade para menstruar, dando dignidade à mulher alagoana, a liberdade para ela poder comprar um produto que é essencial no dia a dia e que infelizmente o estado insiste em colocar o seu peso e atrapalhar a vida de todos nós”.

A parlamentar afirma estar confiante de que o PL será sancionado.  “Acredito muito que o governador será sensível à causa e irá sancionar o meu PL para que possa se tornar lei e assim permitir o acesso das mulheres ao produto tão necessário”, afirmou Cibele.

*com informações da Assessoria