Maceió amplia vacinação contra Influenza para toda população: “procura entre público-alvo foi baixa”, diz gerente de imunização

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Ascom SMS

A partir deste sábado (9), a Prefeitura de Maceió irá ampliar a vacinação contra Influenza para a população geral. Dessa forma, todas as pessoas acima de seis meses podem receber o imunizante. A campanha será encerrada nesta sexta-feira (8) para o público-alvo. No entanto, em razão das doses que não foram aplicadas, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) abrirá a vacinação para todos os maceioenses visando melhorar a adesão.

A vacina está sendo administrada, de segunda a sexta-feira, de 9h às 16h, em todas as salas de imunização das Unidades de Saúde do Município, além dos três pontos fixos de vacinação contra a Covid-19, que são o Maceió Shopping (de segunda a sábado, das 9h às 21h), Pátio Shopping (de segunda a sábado, das 15h às 21h / domingo, 12h às 18h) e Carajás Home Center (de segunda a sábado, das 9h às 16h).

Para receber o imunizante, a população deve apresentar, além do cartão de vacinação, um documento de identificação com foto. “A ampliação da vacinação contra a Influenza dá a oportunidade de todos os maceioenses garantirem a imunização contra a gripe. Infelizmente, a procura entre o público-alvo foi muito baixa”.

“Estamos ampliando a vacinação para que todas as pessoas procurem uma unidade de saúde e venham realizar essa vacinação. A vacina contra a gripe, ao longo de 2022, irá minimizar a carga e prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, além de reduzir a sobrecarga sobre os serviços de saúde”, explica a gerente de Imunização da SMS, Eunice Amorim.

Dados da campanha

De acordo com os dados da Gerência de Imunização, as coberturas vacinais alcançadas até o momento, entre o público-alvo, encontram-se baixas: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (31,9%), gestantes (32,6%), idosos (48,3%), trabalhadores da saúde (63,1%), puérperas (20,1%) e professores (29,7%). Isso representa 45,2% da meta de 90% da população imunizada definida pelo Ministério da Saúde.

*com Ascom SMS