Coordenadora da Assistência Social alerta beneficiários do aluguel social que não foram buscar cheques

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Luiz Felipe Pimentel (estagiário)/Ascom Semas

O secretário de Assistência Social de Maceió, Claydson Moura, recebeu na manhã desta terça-feira (27) representantes das comunidades do Vergel do Lago para discutir formas de localizar beneficiários do auxílio emergencial e do aluguel social que não fizeram a retirada dos cheques no Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa), no bairro do Prado.

Só na região do Vergel do Lago, cerca de 50 famílias deixaram de receber os benefícios porque não foram buscar os cheques.

A coordenadora do Casa, Márcia Melo, explica que, além dos moradores do bairro, famílias de outras áreas estão com cheques prontos e precisam comparecer.

“É importante que quem já está apto a receber esse auxílio vá buscar para conseguir efetuar o pagamento da moradia. Nós temos uma demanda muito grande das pessoas que estavam nos abrigos e que ainda não foram receber. São primeiras, segundas e terceiras parcelas acumuladas prontas para serem entregues”, explicou a coordenadora.  

Cada família receberá seis parcelas do Auxílio-Moradia no valor de R$250 podendo ser renovado por igual período, e mais três parcelas de R$ 500 do Auxílio Emergencial. Foto: Célio Junior/Secom Maceió
Cada família receberá seis parcelas do Auxílio-Moradia no valor de R$250 podendo ser renovado por igual período, e mais três parcelas de R$ 500 do Auxílio Emergencial. Foto: Célio Junior/Secom Maceió

Cada família receberá seis parcelas do Aluguel Social no valor de R$250, podendo ser renovado por igual período, e mais três parcelas de R$ 500 do Auxílio Emergencial.  

Durante a reunião, Claydson Moura instituiu um Grupo de Trabalho (GT) com os representantes comunitários do Vergel do Lago, além da Secretaria-adjunta de Habitação Popular e da Secretaria Municipal de Gestão com a finalidade de acompanhar, compartilhar e reforçar a divulgação nas comunidades da região.

“Receber as lideranças aqui é nosso papel. A Assistência Social tem que estar perto da comunidade, e hoje, com as lideranças do Vergel, instituímos um grupo de trabalho com os líderes comunitários, Assistência Social, Habitação e Gestão. O objetivo é aumentar o controle sobre quem está recebendo as moradias e ser justo com quem realmente precisa. Temos também um número grande de pessoas com cheques prontos, no Casa, mas que ainda não foram buscar. Então, por favor, se dirijam até o equipamento para a retirada desse auxílio”, alertou o secretário.  

A moradora e representante do Vergel do Lago Lilian Silva, de 40 anos, destacou a parceria entre a comunidade e a Prefeitura de Maceió.

Moradora e representante do Vergel do Lago, Lilian Silva destaca parceria com a Assistência Social. Foto: Luiz Felipe Pimentel (estagiário)/Ascom Semas
Moradora e representante do Vergel do Lago, Lilian Silva destaca parceria com a Assistência Social. Foto: Luiz Felipe Pimentel (estagiário)/Ascom Semas

“Essa parceria vem nos ajudando muito. O secretário vem alinhando todas as ações com a gente. Os cheques já estão no Casa para que o povo possa receber, assim nos vamos chegando a um ponto de equilíbrio. Vamos ajudar nessa busca ativa pelas pessoas que já podem fazer a retirada do cheque”, reforçou.   

O Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa) fica localizado na Praça da Faculdade, no bairro do Prado. O horário de atendimento é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. Para mais informações, o telefone é o 3312-5930. 

*com Ascom Semas