“É preocupante constatarmos que as infrações graves e gravíssimas lideram o ranking das registradas na capital”, alerta agente de trânsito

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT

Informação aliada à boa conduta salva vidas. Para levar conscientização aos maceioenses, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realiza, entre os dias 18 e 25 de setembro, uma exposição educativa com dados de acidentes e infrações registradas nas vias da capital. A atividade também conta com a apresentação de uma viatura e um vídeo institucional sobre as responsabilidades e o funcionamento do órgão.

Intitulada, “Tolerância humana aos impactos dos acidentes no trânsito”, a ação integra a programação da Semana Nacional de Trânsito 2022 em Maceió e acontece no Shopping Pátio, na parte alta da capital. A atividade acontece das 10h às 22h, horário de funcionamento do centro de compras, e pode ser visitada gratuitamente pelos maceioenses.

Acompanhado de sua mãe e avó, Josias Neto, de 5 anos, conheceu de perto uma das viaturas utilizadas nas operações e monitoramento viário da cidade e destacou a importância do trabalho dos agentes.

“Eu acho o trabalho dela [agente de trânsito] importante. Ela faz parar os carros para não causar um acidente, ou alguma coisa errada”. Josias contou ter gostado de entrar numa viatura e explicou como atravessa uma via e o funcionamento de semáforos. “Eu seguro na mão dos meus pais e olho para o lado para passar e não acontecer um acidente comigo. Vermelho é para parar, amarelo é atenção e verde para seguir em frente”, disse.

Em 2021, 756 acidentes foram contabilizados pelas equipes da SMTT. Deste total, 94% dos sinistros envolvem colisões. Os veículos que mais se envolvem em acidentes são os automóveis, com 49,87%, seguidos pelas motocicletas, com 25,23%. Os demais veículos correspondem a 16% do valor. Já no ano de 2022, até o mês de junho, 391 sinistros de trânsito foram atendidos, 84% colisões e 16% outras naturezas. No período, 50,14% dos veículos envolvidos são automóveis e 28,87% são motocicletas.

Nos dois anos, respectivamente, 8,90% e 4,14% dos veículos envolvidos nas ocorrências em Maceió são ônibus. O dado classifica o transporte coletivo como um meio de transporte seguro e com baixo risco de acidentes.

Alex destacou a importância da informação ser disponibilizada às pessoas. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT
Alex destacou a importância da informação ser disponibilizada às pessoas. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT

Músico, Alex Pedreira, que mora nas proximidades do shopping parou para prestigiar a ação. “Eu gostei desta exposição, pois ela está levando informação para as pessoas. Geralmente têm muitos condutores imprudentes no trânsito e, se todos seguissem as informações e as regras, menos acidentes aconteceriam. Já vi carros perderem o freio, já vi pessoas não manterem a distância de segurança de um carro para o outro, então isso provoca muitos acidentes”, pontuou.

O levantamento apontou ainda, que, em 2020, 79% das infrações cometidas pelos maceioenses são graves e gravíssimas, seguidas por 16% de infrações médias e 5% leves. Já em 2021, 66% das multas aplicadas foram de naturezas graves e gravíssimas, contra 17% médias e 17 leves. Em 2022, até junho, 71% das irregularidades registradas foram graves ou gravíssimas, 18% médias e 11% leves.

Clara atua como agente e destacou a importância do trabalho educativo. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT
Clara atua como agente e destacou a importância do trabalho educativo. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT

Agente de trânsito, Clara Fagundes, atuou na recepção de quem parou para apreciar a exposição. “É um momento educativo importante e que nos aproxima de outra forma com a sociedade”.

“No dia a dia nós estamos nas ruas, mas no imaginário das pessoas se tem muito essa carga fiscalizadora do agente de trânsito. É preocupante constatarmos que as infrações graves e gravíssimas lideram o ranking das registradas na capital, já que a possibilidade dessas infrações ocasionarem sinistros aumentam consideravelmente”, discorreu.

Sobre a Semana Nacional de Trânsito

Exposição segue até o próximo final de semana. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT
Exposição segue até o próximo final de semana. Foto: Joyce Juliana/Ascom SMTT

Todos os anos, a campanha desenvolve ações educativas e de conscientização voltadas aos envolvidos no dia a dia do trânsito, e inclui pedestres, ciclistas e condutores de veículos. “Juntos Salvamos Vidas” é o tema escolhido para ser trabalhado nas atividades deste ano. Em 2022, os órgãos de trânsito devem abordar as consequências negativas dos acidentes em todos os seus efeitos e impactos sociais, econômicos e psíquicos.

*com Ascom SMTT