Mulheres são beneficiadas com cartão de auxílio-transporte para buscarem empregos em Maceió

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

 Foto: Célio Júnior/Secom Maceió

Viabilizando a busca por um emprego, a Prefeitura de Maceió já entregou mais de 100 cartões do auxílio-transporte no Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa), localizado no Prado. O benefício concede gratuidade em 12 viagens de ônibus por mês por até 60 dias para pessoas que estejam desempregadas e apresentem a documentação exigida.  

Diariamente, o Casa vem recebendo maceioenses que procuram o auxílio-transporte. Cerca de 420 cadastros já foram feitos e os cartões serão entregues no prazo de 15 a 20 dias, no equipamento da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). 

“É muito importante esse auxílio, pois as pessoas que estão desempregadas, recebem esse benefício para que possam pegar o ônibus e entregar os currículos nos pontos estratégicos da cidade, facilitando a vida da população. São pessoas que estão necessitando de apoio para ingressar no mercado de trabalho. A procura pelo auxílio-transporte está constante, e diariamente, recebemos este público”, pontuou a coordenadora do Casa, Marcia Melo.  

Coordenadora do CASA, Marcia Melo, destacou a funcionalidade do cartão. Foto: Célio Júnior/Secom Maceió
Coordenadora do CASA, Marcia Melo, destacou a funcionalidade do cartão. Foto: Célio Júnior/Secom Maceió

As pessoas que quiserem obter esse auxílio podem ir até à Travessa Calabar, número 90, no Prado, ao lado da Praça da Faculdade, das 8h às 16h, munidos com Carteira de Identidade original e cópia, CPF original e cópia, comprovante de residência de Maceió, Carteira de Trabalho e/ou outros meios que comprovem a situação de desemprego. Além desses, quem já possuir o Cartão Vamu na modalidade cidadão deve levar no momento do cadastro. 

Sem emprego há dois anos, Tassiana Maria, 31 anos, procurou a sede do Casa e garantiu o seu auxílio-transporte. A moradora da Cidade Universitária recebeu o cartão nesta terça-feira (13) e revelou que o benefício vai ajudar nesta busca por uma colocação no mercado de trabalho.

“Conheci o programa quando vim ao Casa. Então, trouxe meus documentos e fiz o cadastro, pois estou à procura de emprego há dois anos. O auxílio-transporte vai me ajudar a me deslocar e levar os currículos para lugares mais distantes”, contou Tassiana.

Tassiana Maria, 31 anos, mora na Cidade Universitária e recebeu o cartão do auxílio-transporte nesta terça (13). Foto: Célio Júnior/Secom Maceió
Tassiana Maria, 31 anos, mora na Cidade Universitária e recebeu o cartão do auxílio-transporte nesta terça (13). Foto: Célio Júnior/Secom Maceió

A jovem Thaylanne Nayara, 25 anos, também está desempregada e procura emprego há cerca de cinco meses. Ela conta que soube do auxílio através da televisão.

“Eu fiquei sabendo do auxílio através de um programa de TV e vi que a Prefeitura de Maceió estava disponibilizando esse benefício para quem está desempregado, assim como eu. Já faz cinco meses que estou à procura de emprego, por isso vim hoje ao Casa dar entrada nesse auxílio que vai me ajudar muito a conseguir uma vaga no mercado de trabalho”, disse Thaylanne.  

Semas já entregou mais de 100 cartões do auxílio-transporte no Casa, no bairro Prado. Foto: Célio Júnior/Secom Maceió
Semas já entregou mais de 100 cartões do auxílio-transporte no Casa, no bairro Prado. Foto: Célio Júnior/Secom Maceió

Na sede do Casa, o atendimento do auxílio-transporte se inicia às 8h da manhã com a entrega das fichas e orientações aos interessados em obter o benefício criado por meio de portaria conjunta da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). 

Além do auxílio-transporte para desempregados, a Prefeitura de Maceió continua trabalhando para melhorar a mobilidade urbana do maceioense com a ampliação do Passe Livre Estudantil para alunos da região metropolitana, a manutenção do Programa Domingo é Livre, que permite embarque gratuito para quem possui o cartão Vamu Cidadão e garantindo à gratuidade nos transportes coletivos urbanos para maiores de 65 anos, pessoas com deficiência asseguradas por lei. 

Interessados no benefício devem procurar a sede do CASA, no Prado, próximo à Praça da Faculdade. Foto: Célio Junior/Secom Maceió
Interessados no benefício devem procurar a sede do CASA, no Prado, próximo à Praça da Faculdade. Foto: Célio Junior/Secom Maceió

Todo esse empenho fez com que o maceioense gastasse apenas 12,5% do salário-mínimo com transporte público em 2022, sendo o menor índice em 20 anos em Maceió, segundo levantamento do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM). 

*com Ascom Semas