Setembro Amarelo: “Objetivo é trabalhar a reinserção desses usuários na comunidade”, diz gerente durante ação em Caps

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Capsi Dr Luiz da Rocha Cerqueira

Em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Dr. Luiz da Rocha Cerqueira, localizado na Serraria, promove ao longo de todo o mês diversas atividades junto aos usuários atendidos pelo serviço. As ações têm acontecido diariamente com palestras em sala de espera, rodas de conversa, oficinas e abordagens junto à comunidade do entorno.

Segundo Thyone Assunção, gerente do Capsi Dr. Luiz da Rocha Cerqueira, os trabalhos que estão sendo realizados junto a esse público, focam em temáticas relacionadas à valorização da vida.

“Com as atividades, conversas e abordagens buscamos demonstrar a esses usuários que existem alternativas para amenizar as problemáticas existentes nesse contexto do agravo e sofrimento psíquico para que essas questões possam ficar mais leves para eles e seus familiares”, explica.

Foto: Capsi Dr Luiz da Rocha Cerqueira
Foto: Capsi Dr Luiz da Rocha Cerqueira

“Nosso principal objetivo é trabalhar a reinserção desses usuários na comunidade, sua integração e inclusão. Para isso, durante o setembro amarelo estamos realizando uma abordagem intersetorial, que significa trabalhar em conjunto a saúde, os órgãos de assistência e as escolas, que são parceiros importantes para identificar sinais e sintomas de algum sofrimento psíquico e também para trabalhar a reinserção desses usuários”, completa Thyone Assunção, diretora do Capsi Dr. Luiz da Rocha Cerqueira.

Programação

A Gerência de Atenção Psicossocial (GAP) junto às Unidades de Saúde e Centros de Atenção Psicossocial (Caps) realizam durante todo o mês, ações com o objetivo de intensificar os debates em torno da conscientização e prevenção do suicídio.

No próximo dia 27 de setembro, das 8h às 12h, acontece no auditório da SMS, o Encontro sobre Saúde Mental Infantojuvenil e Setembro Amarelo, aberto à participação dos profissionais de saúde e da sociedade civil.

*com Ascom SMS