“Alagoas apresenta grande potencial para o desenvolvimento do turismo”, diz turismóloga

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Reprodução

A recém-formada e turismóloga Maria Raiane dos Santos foi aprovada no curso de Mestrado em Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O curso tem início em março de 2023 e a futura aluna da pós-graduação diz que a área escolhida está no contexto do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que tratou sobre Planejamento e Desenvolvimento do Turismo e sua relação com as Políticas Públicas de Preservação do patrimônio cultural em Penedo, interior de Alagoas.

Em sua formação acadêmica como turismóloga, estudando e residindo na histórica Penedo, alvo do estudo da graduação concluída sobre a potencialidade turística do estado ela aproveita para destacar o grande potencial existente nessa área e da necessidade de políticas públicas:

“O estado de Alagoas, assim como a cidade de Penedo apresentam um grande potencial voltado para o desenvolvimento do turismo. As políticas públicas, assim como as do meu TCC, voltadas para a preservação do patrimônio auxiliam na conservação desses momentos em mostrar a riqueza patrimonial que as cidades possuem, sendo muito importante trabalhar nessa vertente”, disse.

E acrescenta ressaltando: “O município de Penedo, por apresentar um significativo acervo do patrimônio cultural, foi o único município do Estado de Alagoas beneficiado por dois programas de revitalização do patrimônio: Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas e Programa Monumenta”.

O TCC de Raiane, realizado em dupla com a Ana Beatriz da Silva Santos, foi apresentado em setembro e teve a orientação da professora Silvana Pirillo, pertencente ao corpo docente da Unidade de Ensino Penedo, do Campus Arapiraca, o primeiro da interiorização da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

O objetivo geral do trabalho foi o de analisar as políticas públicas de  preservação do patrimônio por meio dos dois programas e sua relação com o desenvolvimento do  turismo, dimensionando seus resultados previstos e efetivos no que se refere ao processo de reabilitação, à preservação e sustentabilidade de seu patrimônio cultural.

“Quando pensei no mestrado, estava com algumas áreas em mente como, gestão do turismo, planejamento e políticas públicas. Fiquei muito feliz por ter passado no mestrado, e espero continuar seguindo essa trajetória acadêmica, pois pretendo fazer o doutorado na mesma área”, afirma Raiane que disse ter ficado receosa com o processo seletivo dotado de duas etapas de caráter eliminatório.

No desafio para o início de nova trajetória acadêmica segue a etapa de expectativa para conquista de uma bolsa para a realização do curso na instituição gaúcha, ainda uma incerteza. A baixa disponibilidade de bolsas de pós-graduação , para a grande disputa existente, é fruto dos profundos cortes de recursos que acometem as universidades federais do país.

Atuação acadêmica

Raiane dos Santos é natural do município sergipano Itaporanga d’Ajuda, mas se mudou para Penedo com a família ainda na infância. Foi em Penedo que Raiane ingressou no curso de graduação em Turismo. Oriunda da escola pública, ela teve uma ativa vida acadêmica na graduação, onde foi bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) e colaboradora do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). Foi também monitora da disciplina de Metodologia da Pesquisa e bolsista no Programa de Educação Tutorial Conexões de Saberes Penedo, sob a orientação do tutor e professor, Diógenes Meneses.

*com Assessoria