Após dois anos da morte de influencer devido a lipoaspiração, MP pede absolvição de médico responsável pelo procedimento, no Ceará

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Instagram/Reprodução

Dois anos após a morte da digital influencer Liliane Amorim que sofreu complicações devido a uma lipoaspiração, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu à Justiça a absolvição da condenação do médico Benjamim Alencar, responsável pelo procedimento cirúrgico realizado em janeiro de 2021, em Juazeiro do Norte.

Em abril de 2021, o mesmo MPCE havia denunciado o médico por homicídio culposo. Contudo, no pedido datado de 21 de outubro de 2022, o promotor de Justiça Rangel Bento Araruna, da Comarca de Crato, afirmou que o requerimento feito é por não haver prova suficiente para condenação, nos termos do Art. 386, VII, do Código de Processo Penal.

“A maioria dos depoimentos indica que o Antonio Benjamim de Alencar Oliveira preocupou-se com a vítima, e que as alegações de que dizia que a vítima precisava se ajudar e que fazia manha não partiram do réu, mas de profissionais e pessoas que estavam ao lado da vítima quando da tentativa de drenagem. E mesmo que houvesse dele partido, tais expressões não indicam transferência de culpa, desídia ou menosprezo, eis que sequer se tinha ciência das perfurações”, diz trecho peça.

Procurado pelo G1 para comentar o pedido de absolvição do médico, o MPCE informou que não vai comentar porque o caso segue em segredo de Justiça.

A jovem morreu em 24 de janeiro de 2021, após sofrer complicações de uma lipoaspiração. Liliane tinha 26 anos e estava internada em um hospital particular de Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, desde 15 de janeiro.

Natural de Afogados da Ingazeira, no sertão pernambucano, Liliane reunia quase 100 mil seguidores em perfil sobre moda e beleza no Instagram.

Liliane Amorim teve complicações após cirurgia, precisou ser internada em UTI e morreu dias depois da internação — Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Causa da morte

Liliane Amorim morreu em consequência de uma infecção ocasionada por uma perfuração no intestino após a cirurgia estética, segundo conclusão do laudo da Perícia Forense.

“O laudo veio corroborar com nosso pensamento atestando os fatos. A causa morte da Liliane foi uma infecção generalizada decorrente de três lesões puntiformes no intestino”, disse a advogada Débora Araújo Alencar que representa a influencer.

*com G1 Ceará