Colabore com o Eufemea

Funcionária denuncia PMs por assédio e tentativa de estupro no Cisp de Piranhas

Uma funcionária do serviço de limpeza do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Piranhas, no Sertão de Alagoas, denunciou que foi vítima assédio e tentativa de estupro praticados por policiais militares.

De acordo com o relato da vítima, ela estaria trabalhando no local, quando um dos militares teria se aproximado dela, tirado a roupa, e esfregado seu órgão genital na vítima. A mulher também denuncia ter sido vítima de outro militar. Os suspeitos são um sargento e um cabo do Cisp de Piranhas.

Conforme a reportagem da TV Pajuçara, a funcionária fez um boletim de ocorrência e foi ouvida pela Polícia Civil alagoana. Após ter notificado a polícia sobre os crimes, o procedimento foi enviado à Corregedoria da Polícia Militar, responsável por fazer uma investigação interna sobre o caso.

O 9° BPM determinou que fosse aberto um procedimento administrativo disciplinar simplificado, que tem a incumbência de apurar as infrações para a aplicação de transgressões disciplinares.