Idoso suspeito de matar duas mulheres no Ceará enviou áudio para familiares após crime: “Atirei nela e atirei na outra”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foto: Reprodução

Um idoso de 60 anos, suspeito de matar duas mulheres e tentar matar o ex-sócio em Iguatu, no interior do Ceará, enviou um áudio para familiares após o crime, segundo um policial civil que apura o caso. O crime ocorreu na segunda-feira (23).

Na gravação, o suspeito confirma os homicídios e diz estar com “problemas em casa”.”Eu estou meio desorientado e com problemas em casa meio sérios. Andei fazendo besteira. Atirei nela [mulher] e atirei na outra. E ainda dei uns tiros num cabra que eu não gostava e tinha raiva e não sei quem morreu ou quem não morreu”, disse.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, o homem lesionou a ex-companheira, Antônia Evaneide Fernandes, de 47 anos, com disparos de arma de fogo, em um imóvel. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Em seguida, ele atirou em Jucicleide Alves Bezerra, de 44 anos, com quem teria um relacionamento amoroso. Ela foi socorrida e morreu enquanto recebia atendimento em um hospital.

Após lesionar as duas mulheres, o homem foi até um estabelecimento comercial onde tentou disparar contra um homem, de 34 anos, ex-sócio do suspeito em um negócio.

O suspeito tem antecedentes por porte ilegal de arma de fogo, furto e contravenção penal.

Após buscas, ele foi localizado, preso e autuado por dois feminicídios, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Além da arma, dois celulares e uma motocicleta foram apreendidas. As investigações estão sob responsabilidade da Delegacia de Defesa da Mulher de Iguatu.

*com G1 Ceará