Moradora do Vale do Reginaldo comemora programa de inclusão social: “mudando a realidade”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O Brota na Grota, maior programa de inclusão social do Brasil, foi lançado nesta quarta-feira (25). O programa vai atender mais de 100 grotas espalhadas pela cidade, com ações integradas de 12 secretarias, levando serviços de saúde, infraestrutura, assistência social, esporte, lazer, entre outros. O lançamento aconteceu no Vale do Reginaldo, primeira comunidade a receber os serviços do programa.

As ações vão garantir a transformação na vida dos maceioenses, por meio de cursos, oficinas educativas, revitalização e inclusão social. Maria Célia de Oliveira, tem 40 anos e é moradora do Vale do Reginaldo, há 26 anos. Ela conta que a comunidade nunca recebeu um programa como esse, e avalia as melhorias feitas pela atual gestão no local onde mora.

“Nunca teve isso e agradecemos primeiramente a Deus e depois ao prefeito JHC, que é uma pessoa muito boa. O que ele está fazendo, nenhum nunca fez aqui. Nós nunca tivemos o apoio de ninguém, só vinham para pedir voto e depois iam embora. Tem muitas ações da Prefeitura aqui, e estão mudando a realidade de uma ponta a outra do Vale do Reginaldo”, contou a moradora.

A primeira-dama de Maceió, Marina Candia, esteve presente no lançamento do programa e destacou que a iniciativa é resultado de empenho e muito trabalho.

“Prefeito, o que está acontecendo hoje não é apenas um programa, são os resultados do seu trabalho e isso aqui foi sonhado, desejado e implementado. Esses programas são um presente que nós podemos deixar para Maceió, para as próximas gerações”, afirmou Marina.

Garantia de benefícios – Os moradores terão garantia de benefícios em diversos serviços, como a CNH Social, banco da mulher, atendimentos de saúde, oferta de cursos profissionalizantes, e outros.

O programa terá um cronograma para chegar em outras comunidades. Arenas das secretarias municipais serão montadas nos locais para garantir que os serviços sejam ofertados. O secretário de Assistência Social, Claydson Moura, afirmou que o programa vai transformar a vida das pessoas.

“Essa é a ordem que o JHC nos dá todos os dias: tem que gostar de gente. Não é um programa temporário, é lindo, transformador e que não vai parar mais nunca”, disse o secretário.

Também estiveram presentes o senador Rodrigo Cunha, o presidente da Câmara, Galba Netto, os vereadores Luciano Marinho, Cau Moreira, Eduardo Canuto, Oliveira Lima, Aldo Loureiro, Raimundo Medeiros e Samyr Malta.

*Com Assessoria