Programa Alagoas Feita à Mão: “transformar o artesanato em protagonista”, diz Paula Dantas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O Programa Alagoas Feita à Mão acaba de ganhar um novo capítulo: a instalação de uma Comissão para deliberar sobre as políticas estaduais de apoio ao artesanato. O grupo, que é formado por representantes de diversos órgãos que estão envolvidos no setor, se reuniu na manhã desta quarta-feira (25), para a 1ª Reunião Ordinária da Comissão, na sede Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Sedics), em Jaraguá.

O primeiro encontro contou com a presença da secretária da Sedics, Caroline Balbino, da secretária da Primeira Infância e presidente da Comissão do Alagoas Feita à Mão, Paula Dantas, e de representantes de entidades como a Ufal, Uneal, Sebrae/AL, além de gestores do Governo de Alagoas e membros da sociedade civil.

Para a presidente da Comissão, Paula Dantas, a iniciativa é um marco para o artesanato alagoano e vem para definir as diretrizes e consolidar o produto artesanal de Alagoas para o Brasil e o mundo.

“Hoje é um marco para o Programa. Com essa primeira reunião da comissão esperamos que, com todos os segmentos que estão aqui hoje, a gente consiga fortalecer e colocar em pauta assuntos para transformar o artesanato em protagonista. Fazer parcerias, montar projetos, e unir segmentos que podem ter mais poder trabalhando juntos. As reuniões acontecerão de forma trimestral e já estamos ansiosos pelo que está por vir”, destaca a secretária Paula Dantas.

A criação da comissão estava prevista dentro do decreto Nº 84.487, que instituiu o programa Alagoas Feita à Mão. O grupo de trabalho possui competências que envolvem a criação de políticas de apoio para o setor; o acompanhamento de entidades que realizam programas e projetos na área do artesanato; articulações e parcerias com órgãos e instituições federais, estaduais e municipais que atuem para o desenvolvimento do artesanato, e a sugestão de projetos de apoio e incentivo para o setor.

“Estamos muito felizes com a criação dessa comissão. Esse é um momento histórico para a construção de políticas públicas para o artesanato do nosso estado. O objetivo da gestão do governador Paulo Dantas é olhar para todos os setores: a indústria, o cooperativismo e o artesanato, e nós estamos investindo na criação de políticas públicas e projetos para fomentar todos esses setores”, afirmou a secretária do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Caroline Balbino.

*Com Assessoria