Colabore com o Eufemea

“Valorizar o trabalho local”, diz turista sobre exposição na orla da Ponta Verde

Foto: Assessoria

A ornamentação na orla de Maceió, foi prorrogada e seguirá  até o dia 15 de janeiro. Com isso, a exposição de artesanato de Maceió, que está concentrada na Praça Gogó da Ema, na Ponta Verde, continua beneficiando os artesãos da capital. O espaço é um dos polos de economia criativa e solidária do Verão Massayó.

Foi o que fez a recifense Milena Lima, que veio de Brasília pela primeira vez conhecer Maceió. Ela contou que a irmã, que mora na cidade, levou a família para conhecer a ornamentação, os shows culturais do Verão Massayó e também a exposição de artesanato realizados pela Prefeitura. 

“Achei muito bacana essa iniciativa de juntar o ambiente do Natal com a decoração, opção de show, de festa, de música, dança e a exposição do artesanato que é a base da população para poder valorizar o trabalho local. muita gente está aqui para conhecer as belezas naturais e agora as belezas feitas pela população de Maceió”, ressaltou a turista. 

Para a artesã cadastrada na Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), Joseane Costa, o incentivo que a Prefeitura de Maceió tem dado ao artesanato está valorizando toda a classe, ajudando no escoamento da produção e na geração de renda. “Essa iniciativa da Prefeitura é mais importante ainda, é necessária. Os pontos de comercialização são muito importantes para dar uma força a mais, uma vida ao movimento. Todos estão aqui com um propósito, que vai além de vender, mas também divulgar o nosso trabalho para o mundo. Gostei muito”, afirmou Joseane. 

A exposição na Praça Gogó da Ema conta com peças produzidas por artesãos de empreendimentos da Economia Solidária, do Mercado do Artesanato e as rendeiras do Pontal da Barra. O espaço funciona das 16h às 22h.

*Com Assessoria