Colabore com o Eufemea

Servidoras participam de oficina de aproveitamento de alimentos: “riqueza que vem das frutas e verduras”

Foto: Assessoria

Servidoras do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) participaram, na manhã desta terça (21), de uma oficina de aproveitamento integral de alimentos promovida pelo Judiciário em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Foi ensinada a receita de cocada feita com casca de manga.

“Hoje em dia está tudo tão caro, que o reaproveitamento se torna importante”, disse a servidora Mara Tenório, da Secretaria Especial da Presidência do TJAL. “Pretendo fazer a cocada em casa. Já tem muita gente aguardando a receita”, contou.

A servidora Inara Francoyse, da Assessoria de Planejamento e Modernização do Poder Judiciário (APMP), também considera o aproveitamento dos alimentos importante. “Aprender a reaproveitar é sempre bom. Nunca fui muito de cozinhar, mas depois que virei mãe passei a me envolver mais com isso”, disse.   

À tarde, às 13h30, está prevista uma segunda oficina, dessa vez para ensinar um caldo com caroço de jaca. (Inscreva-se aqui). A ação ocorre durante a feira agroecológica do TJAL, realizada na Praça Deodoro.

De acordo com a gerente técnica do Senar, Graziela Freitas, o órgão participará das próximas feiras, sempre trazendo uma receita nova. “Muitas vezes os alimentos são desperdiçados, jogados no lixo, e a gente pode aproveitar a riqueza que vem das frutas e verduras”.

Cocada feita com casca de manga. Foto: Caio Loureiro

*Com TJ