Colabore com o Eufemea

Mais de 100 mil estudantes alagoanos fazem provas de fluência em matemática e língua portuguesa: “mobilização intensa”

Foto: Assessoria

Medir o conhecimento em língua portuguesa e matemática dos estudantes das redes municipais e estadual de ensino em todo o estado. É com este objetivo que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com os 102 municípios alagoanos, promove a aplicação do Sistema de Avaliação Educacional de Alagoas (Saveal), uma avaliação em larga escala criada para testar a fluência dos alunos nas duas disciplinas.

Quase 150 mil estudantes matriculados nos 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, e na 3ª série do Ensino Médio, participam da avaliação, que acontece até esta sexta-feira (5). Do total de participantes, cerca de 35 mil são estudantes dos segundos anos.

De acordo com a supervisora de Estatística e Avaliação Educacional da Seduc, Ivandelma Gabriel, a aplicação das provas representa a culminância de um projeto constituído por várias etapas, a exemplo da formação de professores.

“A mobilização foi intensa em toda a rede pública de ensino. A expectativa é a melhor possível, pois, com a avaliação, temos a possibilidade de diagnosticar a qualidade do ensino que está sendo ofertado aos nossos jovens”, explica Ivandelma, acrescentando que em 2023, o Saveal também contemplou testes cognitivos.

“Já no caso dos estudantes do segundo ano, compararemos este resultado com o da Prova Saeb, que já bate à porta. Vale lembrar, ainda, que o resultado dos alunos do segundo ano é um dos indicadores que compõem o Índice de Qualidade Educacional (Iqueal), que define, por sua vez, o repasse do ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços] da Educação para cada município”, emenda a supervisora.

*Com Assessoria