Colabore com o Eufemea

“Alerta para não misturar álcool e direção”: HEA atende mais de mil vítimas de acidentes de trânsito em junho

Foto: Tony Medeiros / Ascom HEA

Os profissionais do Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, acolheram 6.221 pessoas durante o mês de junho, sendo 1.063 atendimentos relacionados a acidentes de trânsito. O número equivale a 17,01% do total de acolhimentos no sexto mês deste ano.

Os dados do Serviço de Epidemiologia e do Núcleo de Tecnologia da Informação mostram, ainda, que o maior número de acolhimentos foi de vítimas de acidentes envolvendo motocicletas. Nesta modalidade, 651 pessoas deram entrada na instituição hospitalar por quedas ou colisões de motos.

Segundo a estatística, os profissionais do HEA também atenderam 55 pessoas feridas em quedas de bicicleta, seis em acidentes de carro, 47 em atropelamentos, 26 em capotamentos e outras 278 em colisões de veículos. O total de 1.063 vítimas de acidentes de trânsito é superior ao registrado no mesmo período em 2023, quando a unidade hospitalar acolheu 913 pessoas.

“A preocupação dos profissionais com o mês de junho se deve à quantidade de festas em homenagem a Santo Antônio, São João e São Pedro. Diante das muitas festas e shows é notório o aumento do consumo de bebidas alcoólicas. Lógico que as equipes estão preparadas para acolher pacientes, mas a gente sempre alerta para não misturar álcool e direção. Junho acabou e o alerta permanece para que haja conscientização e, consequentemente, redução no número de acidentes”, afirmou Bárbara Albuquerque, diretora-geral do HEA.

Queimaduras

O HEA, que é referência para atendimentos na II Macrorregião de Saúde, composta por 46 municípios do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco, recebeu 56 pessoas que sofreram queimaduras no mês de junho. Este número também supera o dado referente ao mesmo período do ano passado, quando 42 vítimas de queimadura foram assistidas.

*Com Assessoria