Colabore com o Eufemea

Equidade de gênero e mulheres na gestão pública norteiam evento promovido pela Seplag

Foto: Março Antônio/Agência Alagoas

“Eu sou a primeira mulher indígena no país em posição de alto escalão”, essa foi apenas uma das falas que envolveram o público presente no Elas no Governo, um encontro que reuniu secretárias de Estado e sociedade civil para uma manhã de debates e propostas sobre equidade de gênero e mulheres na gestão pública em Alagoas. O evento aconteceu nesta terça-feira (7), no Centro de Inovação do Polo Tecnológico, no bairro Jaraguá.

A fala acima é da secretária da Mulher e Direitos Humanos, Maria Silva. Ela compôs a mesa de conversa ao lado de outras mulheres que fazem parte do alto escalão do Poder Executivo de Alagoas: secretária do Esporte, Lazer e Juventude, Angela Stemler; secretária do Gabinete Civil, Luiza Barreiros; secretária da Primeira Infância, Paula Dantas; secretária do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Renata dos Santos, e a procuradora-geral do Estado, Samya Suruagy.

Foto: Assessoria

“Ter maioria composta por mulheres na alta gestão é um momento ímpar no Brasil. E o Elas no Governo foi pensado com a proposta de trazer o debate e a reflexão sobre equidade de gênero e com o objetivo também de trazer a sociedade alagoana para ainda mais próximo de nós, secretárias de Estado. Eu espero que nosso futuro seja realmente de equidade”, destacou a secretária da Seplag/AL, Renata dos Santos.

O encontro foi organizado pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag/AL), e começou as atividades com a palestra “Avanços e Desafios das Mulheres na Gestão Pública”, ministrada pela Coordenadora de Formação do Instituto Arueras, Ana Luísa Machado.

Logo depois, a diretora executiva do Instituto Arueras, Flávia Defacio, convidou as secretárias presentes para uma mesa de conversa sobre “Desafios e Propostas do Estado de Alagoas para a Equidade de Gênero”. 

“Nós somos uma organização que trabalha com o fortalecimento dos direitos de meninas e mulheres junto a governos. E poder mediar, participar e realizar ações formativas para Alagoas é um prazer enorme, isso está muito alinhado com a nossa missão”, enfatizou Flávia Delfacio.

Durante vários momentos do encontro, o público contribuiu com depoimentos importantes para o debate e trouxe experiências em suas trajetórias pessoais de vida que refletiam os desafios das mulheres com assédio, paridade salarial e ocupação de espaços de liderança em ambientes de trabalho no Brasil. O Elas no Governo teve sua primeira edição este ano.

*com Assessoria