Categorias
Notícias

Mãe comemora reforço com programa da Assistência Social: “me ajuda muito”

Morando na casa da sogra por conta de dificuldades financeiras, a dona de casa Rosiele Tenório faz malabarismo para comprar o leite do filho mais novo, o pequeno Railan, de um ano e oito meses. Com o pacote de 200 gramas a quase R$ 10, ela gasta quase R$ 300 só com o alimento, que também é consumido pelo filho mais velho, o Ravi, de 5 anos.

Além dos dois meninos, tem também a Rilary, de 3 anos, e tantas bocas para alimentar gera um custo que nem sempre a família consegue arcar. Por isso, uma ajuda que passou a chegar este mês na casa deles gerou alívio à jovem mãe.

Por meio do Programa Primeira Infância Cidadã (PPIC), a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) começou a distribuir pacotes de leite em pó para as famílias em situação de vulnerabilidade que tenham crianças de 1 a 3 anos ou, no caso daquelas que tenham alguma deficiência, até 6 anos de idade.

Rosiele Tenório recebeu das mãos das visitadoras 10 pacotes de leite em pó, que irão ajudar na alimentação dos filhos. Foto: Allan César / Secom Maceió
Rosiele Tenório recebeu das mãos das visitadoras 10 pacotes de leite em pó, que irão ajudar na alimentação dos filhos. Foto: Allan César / Secom Maceió

São dez pacotes por mês, pelo programa Leite é Massa, que vão beneficiar mais de 1.300 meninos e meninas moradores de bairros da periferia de Maceió, como o Vergel do Lago, onde mora Rosiele e os filhos.

“O meu filho menor já toma leite com Mucilon, mas o leite tá quase dez reais e ele toma um pacote por dia, chega a quase 30 pacotes por mês. Com essa ajuda, já vou usar o dinheiro para comprar fralda e comida. O programa me ajuda muito em tudo”, afirma.

A ajuda do PPIC a que Rosiele se refere vai além do benefício da ação Leite é Massa. Ela abrange as visitas realizadas pelas assistentes sociais, enfermeiras e outras profissionais às mulheres e crianças que possuem o perfil do programa.

O acompanhamento começa ainda na gestação, quando as mães recebem orientações sobre o parto, amamentação, cuidados com o corpo, além de esclarecimentos sobre violência contra a mulher e assistência psicossocial.

Valdenice Lôpo da Silva, visitadora social do PPIC do Cras Área Lagunar, é quem acompanha Rosiele e os filhos. Ela explica que para entrar no programa, a família precisa ter Cadastro Único e estar com o Número de Identificação Social (NIS) atualizado.

Quando um bebê nasce, é papel da visitadora agendar um horário para que a mãe insira o novo integrante no cadastro e, assim, garantir o recebimento de benefícios direcionados a esse público, como o Auxílio Brasil, o Cria, o BPC e outros.

“O acompanhamento também traz conversas com a gestante sobre como ela está se sentindo em relação à gestação. Esse atendimento envolve vários aspectos. Depois que a criança nasce, vem o acompanhamento dela também. É uma ação muito necessária, elas ficam muito alegres. E com a distribuição do leite, a gente está contribuindo para alimentar as crianças e até outras pessoas da família, ou seja, é uma ajuda muito grande”, reforça a visitadora.

Sthefane recebe acompanhamento da visitadora Eleusa Barros, do Programa Primeira Infância Cidadã. Foto: Allan César / Secom Maceió
Sthefane recebe acompanhamento da visitadora Eleusa Barros, do Programa Primeira Infância Cidadã. Foto: Allan César / Secom Maceió

Sthefane Alves conhece bem a dificuldade em comprar alimentos para o filho, Wiliam Gael, de um ano e cinco meses. Ela é marisqueira, mas está parada porque a cheia da Lagoa Mundaú em julho deste ano, por conta das chuvas, tornou o sururu escasso e tirou a renda de quem sobrevivia da venda do marisco.

Para comprar o leite do bebê, conta com a ajuda do pai e da mãe, e dos R$ 150 que recebe do programa Cria. “É a primeira vez que estou recebendo e é uma boa ajuda. Com o dinheiro que vou economizar, já compro a fralda e a massa”, diz.

Quem também comemora a ajuda é Suelaine Vitória da Silva Pimentel, mãe de Ravi, de 2 anos. Moradora do Virgem dos Pobres, ela vende feijão verde para sustentar a pequena família, formada somente por mãe e filho.

Suelaine e a enfermeira Morgana, durante visita do PPIC. Foto: Allan César / Secom Maceió
Suelaine e a enfermeira Morgana, durante visita do PPIC. Foto: Allan César / Secom Maceió

O que complementa a renda é o Auxílio Brasil, mas boa parte vai para o aluguel e quase não sobra para as demais despesas. “Sou sozinha, ninguém me ajuda. O que recebo de benefício é para pagar a casa e comprar as coisas dele. Dá para sobreviver”, conta.

Por isso, os benefícios recebidos por meio da Assistência Social são importantes para ela, que tenta dar o melhor ao pequeno Ravi, mesmo com o pouco tempo que sobra após voltar para casa de um dia de trabalho.

A visitadora que acompanha Suelaine é a enfermeira Morgana Carolina dos Santos Gonçalves. Ela conta que tem encontrado no PPIC realidades difíceis, em que algumas mães deixam de comer uma ou mais refeições para garantir que os filhos se alimentem.

Com a cheia da Lagoa Mundaú, Morgana ressalta que muitas famílias perderam muita coisa e a situação ficou mais difícil, por isso o programa Leite é Massa se torna essencial para garantir a alimentação das crianças menores em situação de vulnerabilidade.

O Cras Área Lagunar é um dos 16 Centros de Referência da Assistência Social existentes em Maceió que atuam no atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade com programas como o PPIC.

Só esse Cras vai atender nos próximos dias 19 famílias com o programa Leite é Massa, cada uma com 10 pacotes de leite. Para o secretário de Assistência Social de Maceió, Claydson Moura, a ação atende a uma necessidade das famílias que é urgente.

“Eu conheço a realidade das mães pobres e vi o depoimento de uma delas, que não tinha o que dar de comer ao filho de 9 meses. O programa Leite é Massa vai garantir que as crianças tenham um alimento e, até mesmo, que as pessoas da família tenham um alimento que nem sempre conseguem comprar com os benefícios já garantidos pela Assistência Social”, declarou.

*Com Semas

Categorias
Cotidiano Home Notícias

Pernambuco tem primeira governadora da história; conheça Raquel Lyra

Raquel Lyra (PSDB) foi a única mulher eleita no segundo turno e a primeira governadora da história de Pernambuco. No total, 32 mulheres se candidataram para o cargo de governador nas eleições de 2022.

Lyra venceu com 58,87% dos votos válidos, ante 41,13% da sua adversária, Marília Arraes (SD). 

No dia do primeiro turno, Raquel perdeu o marido, o empresário Fernando Lucena, 44 anos, vítima de mal súbito. Ele era seu namorado de adolescência e pai de seus dois filhos.

Ainda durante o período eleitoral, Raquel paralisou as atividades para uma cirurgia de emergência de seu filho. Ela não fez campanha na primeira semana do segundo turno e voltou a comparecer às agendas eleitorais após nove dias.

Quem é Raquel Lyra?

 Ex-prefeita de Caruaru, Raquel, 43, é advogada com pós-graduação em Direito Econômico e de Empresas. Também já foi delegada da Polícia Federal, chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do governo de Eduardo Campos e deputada estadual por dois mandatos consecutivos, de 2011 a 2017.

 Ela é filha de João Lyra Neto, ex-prefeito de Caruaru e ex-governador de Pernambuco, e Mércia Lyra, neta do ex-prefeito de Caruaru, João Lyra Filho. Também é sobrinha do ex-ministro da Justiça Fernando Lyra. 

Categorias
Notícias

Após agredir companheira, sogra e vizinha, homem é preso em Maceió

Um homem, de 48 anos, foi preso por violência contra a mulher na noite desse domingo (30), no bairro do Jacintinho, em Maceió. 

De acordo com as informações, a Polícia Militar (PM) foi acionada para uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegar no local, a vítima, de 34 anos, informou ter sofrido agressões do marido. 

Ainda conforme as informações, a mulher estava com um corte na sobrancelha, onde relatou que foi causa da agressão que sofreu junto com sua mãe e a vizinha. 

A guarnição localizou o suspeito em sua residência, e o conduziu à Central de Flagrantes, onde foi autuado por lesão corporal dolosa (violência doméstica).

Categorias
Cotidiano Home Notícias

“Em Nossas Mãos”: Maceió terá o maior evento de massagem do Nordeste

O Instituto de Massoterapia e Estética, Agda Bianco, promove a 2º edição do “Projeto em Nossas Mãos: Maior ação de Massagem do Nordeste”, no domingo (27), às 8h, na Rua Fechada, localizada na Orla da Ponta Verde, em Maceió. 

De acordo com as informações, o evento tem o objetivo de incentivar o bem-estar da comunidade regional, e divulgar os Massoterapeutas da região Nordeste. 

 Para população que gostaria de receber a massagem de forma gratuita, basta comparecer ao local no dia e horário.

O projeto 

A ação teve início em junho de 2019, com sua 1ª edição reunindo aproximadamente 50 massoterapeutas, a segunda edição tem estimativa de reunir mais de 100 profissionais de Massoterapia, que fornecerão massagens gratuitas à população.

No evento terão duas modalidades: a Massagem Expressa na Maca ou a Quick Massage. Ainda conforme as informações, Massoterapeutas poderão se inscrever gratuitamente, para participar desse projeto.

*Assessoria

Categorias
Cotidiano Home Notícias

Grife alagoana apresenta semijoias no Minas Trend : “arte e amor”

A loja alagoana Coolture acessórios e semijoias apresenta suas criações para o Outono/Inverno 2023, na 28ª edição do maior salão de negócios de moda da América Latina que acontece entre os dias 02 e 04 novembro, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Há 15 anos no mercado de acessórios e semijóias com design autoral, a Coolture é referência em peças esmaltadas. Pintadas manualmente, carregam a essência da exclusividade, pois cada peça se torna única. Brincos, pulseiras, colares e anéis que levam em torno de 3 dias para que cada peça seja produzida.

Cil Oliveira, designer e diretora criativa da marca, acredita no respeito à individualidade e no poder que a moda tem de transformar a vida das pessoas e tudo que está a sua volta: “por isso buscamos trazer sempre algo que seja muito original, uma marca pessoal ou solução individual. É desse modo que a Coolture materializa arte e amor em forma de acessórios”, afirma a fundadora da marca.

Para sua primeira participação no Minas Trend a Coolture apresenta sua coleção de Verão/23, intitulada “Aquarela Brasileira” e o preview do outono/inverno com a coleção ZEN.
Para além da macro tendência “brazilcore”, a coleção “Aquarela Brasileira” ressalta as cores dos elementos da flora e fauna, símbolos da natureza das cinco regiões do Brasil.

A primeira família da coleção “Aquarela Brasileira” representa as cores do Norte e se chama Canindé, pois foi inspirada nas cores das plumas da Arara de mesmo nome e que é animal símbolo da Amazônia.

A segunda representa as cores do Centro-oeste e chama-se Tuiuiú, e foi inspirada na ave homônima que símbolo do Pantanal Mato-Grossense. A família traz peças numa paleta que vai do rosa aos tons mais alaranjados, numa alusão às cores do céu no pôr-do-Sol da região central do Brasil.

A terceira família chama-se Sururu, nome inspirado no marisco que é patrimônio imaterial do estado de Alagoas e traz peças com cores e elementos marinhos e lagunares representando a região Nordeste.

Representando a região Sul, a quarta família se chama Iguaçu, com muitas pérolas e o brilho do strass, numa alusão às Cataras do Iguaçu que formam uma das paisagens

mais exuberantes do Brasil, sendo considerada uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza.

Por último teremos a família Tucano que é ave símbolo do Rio de Janeiro e representa todo colorido e tropicalismo da mata atlântica.

Para o outono/inverno 2023 a Coolture apresenta a coleção ZEN, inspirada nos momentos de calmaria que trazem reflexão, sabedoria, conhecimento, felicidade e capacidade de ser livre. As cores predominantes são o verde, laranja, vermelho, amarelo e marrom, moldados em pedras naturais como Jade e Ágata, cristais, resina, cordão marroquino e metais nobres.

Para adquirir as peças das coleções da Coolture acessórios e semijoias, os contatos podem ser feitos através do perfil da marca no Instagram @cooltureoficial, pelo email contatocoolturebr@gmail.com, ou pelo telefone e WhatsApp (82) 9.9311.3499.

*Assessoria

Categorias
Estilo de vida Home Notícias

Taróloga acerta previsão sobre vitória de Lula e Paulo Dantas para Governo de AL: “apoio feminino foi importante”

A taróloga Luani Macário acertou as previsões sobre Alagoas e o Brasil. Ela havia dito ao Eufemea, em janeiro de 2022, que Lula seria eleito. Em setembro, ela voltou a dizer que Lula voltaria a ser o presidente do Brasil e que as mulheres teriam um papel fundamental nas eleições. Ela também falou sobre a vitória de Paulo Dantas, governador reeleito em Alagoas.

Luani reforçou que no primeiro turno, Lula estava ‘sem o apoio’ feminino e precisava disto. “No segundo turno, com o apoio de Simone Tebet, Marina Silva, e outras mulheres de destaque, ele conseguiu trazer a força feminina para ele”.

Para ela, esse apoio foi essencial para a vitória de Lula. “O voto feminino foi essencial para que ele conseguisse ser eleito. Ele precisava de mulheres ao lado dele”.

Sobre Alagoas, nas previsões de setembro deste ano, Luani havia dito que seria uma eleição marcada por algumas ‘confusões’, mas que mesmo assim, Paulo Dantas seria reeleito.

“Alagoas quer realmente uma mudança e está olhando quem tem o melhor plano de Governo, quem tem um posicionamento mais firme. Faltava habilidade política para Rodrigo Cunha”, destacou.

Categorias
Cotidiano Home Notícias

Maceió registra três casos de violência contra a mulher em 24 horas

Três casos de violência contra a mulher foram registrados em Maceió nas últimas 24 horas. Segundo relatório da polícia, as ocorrências foram registradas na Cidade Universitária, Clima Bom e Rio Novo. 

O primeiro caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (27), no bairro da Cidade Universitária, parte alta de Maceió. Um homem, de 23 anos, foi preso em flagrante após agredir e ameaçar sua companheira, de 19 anos.

No Clima Bom, o Batalhão da Polícia Militar (BPM) foi acionado para uma ocorrência de violência contra a mulher. Ao chegar no local, a vítima relatou ter sido agredida pelo companheiro. 

Os envolvidos foram conduzidos para a Central de Flagrantes, onde o suspeito foi autuado em flagrante, ficando preso na Central de Flagrantes. 

Em Rio Novo, a guarnição motorizada foi acionada para verificar uma situação de violência contra a mulher. Chegando ao local constatou o fato. 

O suspeito e a vítima foram conduzidos até a Central de Flagrantes, onde o homem foi autuado por violência contra mulher ( lesão corporal dolosa e ameaça), pelo delegado plantonista.

Categorias
Cotidiano Home Notícias

Artistas alagoanas se apresentam em evento nesta sexta (28), no Jaraguá: “festival democrático e popular”

Foto: Reprodução

O tradicional bairro de Jaraguá, em Maceió, recebe na noite de hoje (28) a primeira edição do Festival da Esperança. Organizado pelos Comitês Populares em Alagoas, o Festival tem programação gratuita a partir das 19 horas. A programação conta com a participação de diversas artistas alagoanas, além de blocos de carnaval e cortejo de maracatu.

“Nosso objetivo é construir um momento que celebre a esperança que vem ocupando as ruas nesse último período, como um chamado para a defesa da alegria e da festa como um direito de todos e todas”, explicou Alana Barros, da organização do Festival.

De acordo com Alana, a programação recebe ainda exposição fotográfica e feirinha colaborativa, além de artistas de rua com performances ao longo da noite.

“Será um Festival democrático e popular, construído junto com os artistas que se apresentam, promovendo uma programação gratuita e aberta ao público”, disse Barros.

O Festival que acontece na rua Sá e Albuquerque, tem o Palco Mucuri, em frente a Associação Comercial, o espaço de apresentação musical e intervenções poéticas. Ainda na principal rua do bairro de Jaraguá acontece o Arrastão dos Blocos de Carnaval, com saída da Associação Comercial até a Praça Dois Leões.

Já na Praça Dois Leões, o maracatu do encontro de batuqueiros dos Tambores do Jaraguá, realiza sua apresentação e cortejo até a Associação Comercial, onde a programação do Palco Mucuri finaliza a noite.

Mirian Jessika, também da organização do Festival, destacou a surpresa da equipe com a grande adesão do público com a programação: “nossa expectativa está altíssima, ficamos surpreendidos com o empenho do público em querer saber sobre o Festival, de vibrar com cada artista confirmado”.

“Queremos que essa noite fique marcada pela junção de ritmos, de cores e de sentimentos empenhados no resgate da esperança e alegria do povo na rua”, comentou.

Confira a programação completa:

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL DA ESPERANÇA:

Palco Mucuri

19h00

Dj RafaSoh

Lore B

Lousanne Azevedo

Andrea Laís

Banda Artehfato

Alice Gorete

Intervenções Poéticas com Isis Florescer, Richard Plácido e FlorMands

Rua Sá e Albuquerque

21h30

Arrastão dos Blocos

Cortejo de Maracatu

Palco Mucuri

22h30

Mel Nascimento

Igbonan Rocha

Poesia com Isis Florescer

Mc Fantasma

Maju Shani

Fernanda Guimarães  

Intervenções Poéticas com Isis Florescer, Richard Plácido e FlorMands

*com Assessoria

Categorias
Notícias

Artesãs discutem realização de feiras e exposições: “desenvolvimento do artesanato”

Representantes de grupos de artesanato cadastrados na Economia Solidária realizaram um encontro com a Secretaria municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária para alinhar as demandas dos artesãos para a alta temporada turística em Maceió. 

Estiveram presentes na reunião os artesãos Salomé Holanda, do grupo Aconchego, Lúcia Galvão, do grupo Fiações, Delma Ferreira, do grupo Mandacaru, Karynne Quintiliano, do grupo Feito Com Amor e Daniel de Souza, do grupo Arte em Evolução.

Durante o encontro, foram discutidas as necessidades dos artesãos para realizar feiras e exposições para as datas comemorativas, a exemplo do Dia Nacional da Economia Solidária (15/12) e o Natal, a abertura do novo ponto fixo para os grupos no Mercado 31, no bairro do Jaraguá, além de espaços para apresentar as peças de artesanato aos turistas que estiverem na capital até janeiro. 

Comitiva levou demandas dos grupos da Economia Solidária ao titular da Semtabes, Maurício Filho (Foto: Tatiane Gomes/Ascom Semtabes
Comitiva levou demandas dos grupos da Economia Solidária ao titular da Semtabes, Maurício Filho (Foto: Tatiane Gomes/Ascom Semtabes

A artesã Salomé Holanda acredita que manter o diálogo aberto com o Município é importante para que o movimento da Economia Solidária possa ser fortalecido. “Temos um parceiro forte para o movimento para o desenvolvimento do artesanato. Mostramos que nosso movimento é parceiro e que vai trabalhar de mãos dadas e seguir juntos”, afirma a artesã. 

A Semtabes possui 27 grupos cadastrados, sendo 21 deles em atividade e atuando nos dois pontos fixos de comercialização, um grupo sendo incubado e outros cinco grupos sendo reorganizados. Os pontos fixo de comercialização da Economia Solidária estão localizados no Maceió Shopping, no bairro de Mangabeiras, e no Shopping Pátio, localizado no bairro do Benedito Bentes. Os estandes funcionam de acordo com os horários dos centros comerciais.

*Com Semtabes

Categorias
Notícias

“Levar a pauta da adoção responsável para mais pessoas”, diz coordenadora sobre feira de animais neste sábado (29)

O Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal (GGI-CA) vai realizar, neste sábado (29), das 9h às 16h, mais uma Feira de Adoção, desta vez no Maceió Shopping. A ação será executada em parceria com a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ). Além dos cães e gatos disponíveis para adoção, a equipe da UVZ também vai aplicar doses de vacina antirrábica nos pets que forem levados para a feira pelos seus tutores. 

A coordenadora do Gabinete da Causa Animal, Marcella Soares, falou sobre as articulações que vêm sendo feitas para a realização de feiras em outras localidades.

“Além da realização das Feiras de Adoção de forma permanente na Rua Aberta aos domingos, estamos trabalhando para realizar outras edições aos sábados, gerando assim, novas oportunidades para os pets encontrarem um lar. A estrutura das feiras em diferentes bairros vai atingir novos públicos e, consequentemente, vamos levar a pauta da adoção responsável para mais pessoas” relatou a coordenadora.  

A coordenação do GGI-CA tem realizado articulações com os Shoppings para ter os centros de compras como pontos de apoio para a ação, visto que, são localidades que sediam grande fluxo de pessoas.

Os visitantes da feira, interessados em adotar um pet recebem orientações da equipe sobre a adoção responsável para assegurar a proteção da vida desses animais, para que de fato o acolhimento seja assegurado, bem como a saúde, proteção, defesa e bem-estar. A equipe médica veterinária do GGI-CA também tem desenvolvido um trabalho de monitoramento das adoções já realizadas. 

Para adotar

Para adotar um animal, a pessoa deve ser maior de 18 anos, precisa apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência, além de assinar um termo se responsabilizando pelo cuidado com o animal que está adotando.

Além das feiras, os animais que estão abrigados na UVZ podem ser adotados ao longo da semana diretamente na unidade. Para mais informações sobre adoção, a população pode entrar em contato através do telefone (82) 98752-6505.

Cuidados

Os animais adultos que são adotados passam por procedimentos de castração, vacinação, vermifugação, além da testagem para leishmaniose.

Já os filhotes passam por prévia avaliação médico veterinária e as pessoas que adotam recebem orientações sobre quando poderão levá-los à Unidade de Vigilância em Zoonoses para receber a vacinação antirrábica e realizar a castração.

O animal adotado recebe um chip que permite identificar o responsável em caso de abandono.

*com Ascom GGI Causa Animal

Categorias
Notícias

Outubro Rosa: ação estimula mulheres a adotarem hábitos saudáveis, em Maceió

Foto: NAFs Maceió

Durante o mês de Outubro, a Gerência de Promoção e Educação em Saúde (GPES), por meio do setor de Práticas Corporais e Atividade Física, realizou diversas atividades nos Núcleos de Atividade Física (NAFs) em alusão a campanha Outubro Rosa, dedicada a intensificação das ações de conscientização sobre prevenção contra o câncer de mama.

Dentre as ações desenvolvidas nos NAFs, da Secretaria de Saúde de Maceió, estiveram aulões de ginástica, oficinas e rodas de conversas. As atividades foram desenvolvidas nos 17 bairros onde já acontecem os encontros organizados pelos profissionais de saúde dos NAFs com a população local.

Foto: NAFs Maceió

Núcleos de Atividade Física em Maceió

Os Núcleos de Atividade Física têm a finalidade de promover o acesso gratuito da população à prática de exercícios para a promoção de hábitos saudáveis e a prevenção de problemas de saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibiliza – por meio do setor de Práticas Corporais e Atividade Física da Gerência de Promoção e Educação em Saúde(GPES) – 17 Núcleos de Atividade Física, que estão instalados nos bairros Ponta da Terra, Vergel do Lago, Canaã, Santo Amaro, Pitanguinha, Fernão Velho, Rio Novo, Feitosa, Jacintinho, Serraria, Osman Loureiro, Eustáquio Gomes, Salvador Lyra, Graciliano Ramos e Guaxuma.

A inclusão do usuário para participar das práticas se dá tanto por demanda espontânea como por meio de encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS). No primeiro caso, interessados se direcionam a um dos NAFs e, havendo vaga disponível, os profissionais do local realizam entrevista e solicitação da documentação necessária para serem inseridos no grupo. Já a inserção via UBS acontece quando a unidade percebe a necessidade no paciente e o encaminha para o núcleo mais próximo de sua residência.

Mais informações podem ser esclarecidas no 3312-5429, das 8h às 14h.

*com Ascom SMS

Categorias
Cotidiano Home Notícias

Gerente alerta para necessidade de ampliar cobertura vacinal contra polio, em Maceió; campanha encerra na segunda (31)

 Foto: PNI Maceió

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite se encerra na próxima segunda-feira (31). Em Maceió, a vacinação atingiu o índice de 52,37%, com 27.148 doses aplicadas no público infantil. A campanha, organizada pelo Ministério da Saúde, iniciou no dia 8 de agosto em todo o Brasil e pretende alcançar 95% do público entre 1 a menores de 5 anos de idade.

Profissionais de saúde seguem se empenhando para imunizar todas as crianças que procurarem pelo imunizante nos pontos de vacinação. A gerente de Imunização de Maceió, Eunice Amorim, reforça a importância da vacinação para evitar o risco de retorno da poliomielite – doença já erradicada no Brasil.

“Precisamos ampliar a cobertura vacinal em Maceió e proteger nossas crianças da paralisia infantil, que já trouxe tantos agravos à saúde pública em tempos passados. Pedimos que pais e responsáveis conduzam suas crianças até o posto de vacinação mais próximo para proteger o público contra a doença”, enfatizou a gerente.

 Locais de vacinação

A vacina contra a Poliomielite está disponível em todas as salas de vacinação do Município, de segunda a sexta-feira. O imunizante também está sendo ofertado nos locais onde acontece o projeto itinerante Cine Massa da Prefeitura de Maceió; nas instalações do Saúde da Gente Infantil (Vila Emater-Jacarecica) e da Mulher (Conjunto Aprígio Vilela-Benedito Bentes) – das 8h às 20h – e em mais dois pontos fixos de Maceió:

-Maceió Shopping (das 9h às 21h, de segunda a sábado);

-Pátio Shopping (das 15h às 21h, de segunda a sábado e das 12h às 18h, no domingo).

Documentação exigida

Para receber as vacinas seguras e aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os responsáveis devem apresentar a caderneta de vacinação da criança no ato da imunização.

*com Ascom SMS